Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Medicamento testado no Amazonas reduziu em 92% a mortalidade pelo vírus chinês

proxalutamida

Um estudo desenvolvido no Amazonas com proxalutamida apresentou resultados promissores no tratamento da peste chinesa e reduziu em 92% a taxa de mortalidade entre os pacientes que receberam o medicamento.

 

As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (11) pelo Grupo Samel, que está conduzindo os trabalhos junto ao dermatologista e pesquisador americano Andy Goren e aos médicos Flávio Cadegiane (endocrinologista) e Ricardo Zimerman (infectologista).

 

Participaram da pesquisa pacientes hospitalizados, que tinham idade acima de 18 anos e apresentassem baixa saturação de oxigênio em ar ambiente — ou seja,  precisaram obrigatoriamente de oxigênio (de preferência em alto fluxo).

 

Esses pacientes também estavam com pelo menos 25% a 50% dos pulmões acometidos e o requisito era que não possuíssem disfunções importantes no fígado e rins.

 

No grupo que tomou o placebo — 294 pacientes — houve o registro de 141 mortes, o equivalente a 47,6%. Já no grupo que tomou a proxalutamida  —296 pacientes — foram registradas 12 mortes, apenas 3,7% do total de pacientes.

 

A conclusão é que a medicação reduziu em 92,2% a mortalidade de pessoas contaminadas. Observou-se ainda redução no tempo de internação entre os dois grupos de pacientes, além de redução significativa da necessidade de intubação dos pacientes.

 

Os resultados foram apresentados nesta quarta-feira (10) pelo Grupo Samel, que está à frente do estudo. Em coletiva de imprensa, os pesquisadores explicaram que a pesquisa foi feita com 600 pacientes de nove hospitais de Manaus e no interior do Amazonas. Parte deles recebeu a proxalutamida, e outra parte recebeu placebo.

 

 

Assista ao vídeo da apresentação do estudo aqui.

 

A rádio:

Programação ousada, moderna, focando qualidade e ouvinte de bom gosto e que conquistou liderança com mais de 22% da audiência do rádio em Cerquilho.

Uma rádio com credibilidade com seus ouvintes, e que assim, conquista a cada dia mais e mais apoiadores e anunciantes.

A Nova Cultura, é a rádio que é do jeito que você gosta!

RSS Mundo

RSS Esportes

RSS Mídia Tradicional